Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

sábado, 26 de dezembro de 2009

Impulso





Eu não sei parar de olhar para você,
Mudar a direção dos meus olhos,
Desviá-los, dirigi-los para outro rumo.
Num impulso devasto
Derrubei a cadeira,
Atirei meu livro preferido no chão,
Tudo porque por um instante
Não pude fitar a cor dos teus olhos.
Tudo porque não os vi.

E eu não posso, nem quero
Esquecer a canção, apagar da minha mente
A sonoridade da sua voz,
A forma como você sorri.
A pureza e o encanto do seu sorriso ―
Você é apaixonante.

Traiçoeiro pensamento
Sim, traiçoeiro
Pois me vi dependente de você
E agora não sei perder.
Não vá! Tenho algo a lhe contar
E não posso perder o momento.
É chegada à hora, o ponteiro avisou.
E se não quiser ouvir o que tenho para falar 
Cale-me com um beijo.

2 Comentários:

Yasmin disse...

Nossa ... magnífico esse poema...lindo *--*

Uanderson Andrade disse...

Muito grato. ^^

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!