Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

sexta-feira, 25 de maio de 2012

Estou em Casa

 

 
Eu nunca quis te perder de vista.
Nem desatar os laços que me uniam a você.
Mas por algum sentimento confuso
Deixei os laços se desfazerem.

Marquei meus passos de volta a você.
Corri em sua direção e senti sua respiração se aproximar.
Desejei reatar os laços do meu peito.
Porque quando estou nos teus braços
Eu estou em casa.

A distância corroía como ácido puro.
 Meu peito chorava rios caudalosos.
E meu quarto era meu refugio.

Um não completa-se só.
Precisa-se de duas metades.
Porque em seus braços eu estou em casa.

Eu nunca quis sentir o gosto amargo da solidão.
Mas ela me perseguia como sombra.
Procurei a luz alva e pura da tua alma.
Desejei reatar nossos laços.
Seus braços são envolventes.

Na proteção do teu abraço
A solidão se desintegra
Minhas lágrimas recuam
E eu me sinto em casa.
Com você eu já estou em casa.


quinta-feira, 17 de maio de 2012

Nos Passos de um Tango

 


Corpos próximos transferindo calor.
A sensualidade fluindo pelos poros.
O gosto do desejo embriagando a boca.
E os olhos... Ah! Lanças afiadas a encarar os meus.

Apostando no prazer que transborda
Desse momento tão íntimo,
Sinto um egocentrismo crescer no peito.
Sou galanteador, enamorado por ti.

Enlaçando as almas, despindo o sentimento.
 Destilo meu veneno doce e você sorrir com os olhos
Instigando-me, hipnotizando-me com teu jeito singular.

Nossas almas dançam juntas
Como tango acompanhado de uma bela música.
E quando sinto tua pele a deslizar na minha
Imagino-me nesse tango contigo.
Fazendo todo o nosso desejo fluir por nossa pele.

Um sorriso inquietante eu deixo escapar
Quando sinto tua pele a deslizar na minha
(A sensualidade fluindo pelos poros).
Lanço-me nos teus olhos como um peixe se lança
Ao subir uma cachoeira
(Sou galanteador, enamorado por ti).
Imagino-me nesse tango contigo.
Fazendo todo o nosso desejo fluir por nossa pele.


terça-feira, 15 de maio de 2012

Uma Segunda Vez*


Nem parece que o tempo passou tão depressa. Parece que as pegadas ainda estão a nos seguir.

...
O Amor te desenhou de presente para mim.
Cada traço seu foi pensado para completar os meus.
Olhamo-nos uma primeira vez
E os nossos sorrisos se abraçaram.

Alguns passos foram dados.
Tivemos quedas inevitáveis.
Um abismo cresceu separando-nos,
Mas eu te dei minha mão e você a segurou.
Olhamo-nos uma segunda vez
E os nossos lábios se abraçaram.

Contudo, houve escuridão depois disso...

Precisei dizer não e desistir.
Uma lança havia me atravessado o peito.
As lágrimas quentes marcaram meu rosto.

Tentei fugir de algo que não podia.
O amor ao ter brotado em mim precisava de você.
Suas lágrimas sinceras fecharam a ferida do meu peito.
Elas caíram do seu rosto no meu
E apagaram as marcas que outrora eram de lágrimas minhas.

Olhamo-nos uma terceira vez
Nossos sorrisos se beijaram.
Nossos abraços se beijaram.
E nossos lábios se beijam hoje e sempre.
Porque nosso amor nos fez e nos faz crescer.


*Por uma data muito especial.

domingo, 13 de maio de 2012

Amor de Samba



Em cada passo, compasso.
Em cada gesto, proteção.
Admirando seu molejo
Eu tão malandro e faceiro
Conduzo-te aos meus braços.

Em cada passo, surpresa.
Em cada olhar, paixão.
Seguindo na malandragem
Olho-te e sinto que na verdade
Envolvo-te numa sintonia de almas.

Sua silhueta a requebrar as cadeiras
E uma sensualidade na ponta do pé.
Deixam todos a desejar sambar contigo,
Mas sou malandro e ao teu redor sambo também
Protegendo aquela que é minha e de mais ninguém.

Em cada passo, compasso.
Em cada gesto, proteção.
Admirando seu molejo
Eu tão malandro e faceiro
Nesse samba de gafieira, um molejo que só a gente tem.

Mas sou malandro e ao teu redor sambo também
Protegendo aquela que é minha.
Só minha e de mais ninguém.
Nesse samba de gafieira, um amor que só a gente tem.


Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!