Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

Apressa-te


 
(Imagem tirada da internet)



Expressa-te e
Apressa-te em desmistificar teus sentimentos.
Ignora o que outrora te deixavas atemorizado.
E quando houver um sopro meu
Deixe que ele abrande teus devaneios.

Viaja e vai
Vagueie por emoções indiscretas
Que discretamente cresceram no teu profundo interior.
Acalente as lágrimas ambíguas,
Deixe-as escorrerem até cessarem.

Grite e
Agite seus pensamentos confusos.
Mostre que você detêm as rédeas do seu futuro.
E quando houver um beijo meu
Apenas se deixe levar por esse turbilhão de sensações.

Dance e vá
Balance os braços em detrimento à tristeza.
Eleve seu olhar a mais piedosa estrela.
Os movimentos suaves guiarão à calma.
Eleve-se nesse dançar.

Expressa-te e
Apressa-te em sentir, em viajar,
Em gritar, em dançar.
Mas acima de tudo te apresses em viver.
Apressa-te em amar... Amar.
Apenas viver e amar.


sábado, 21 de janeiro de 2012

Tão Perto


 
(Imagem tirada da internet)

Escuto os ruídos atravancados.
Aonde foram todos eles?
Todas as paredes rabiscadas de giz,
Contando os dias para a quebra das correntes.
Algo que nunca tive.

Sinto uma presença aqui.
Algo que faz com que meus olhos inundem.
Uma sensação de que meus desejos estão próximos.
Sensação de que nunca estiveram tão perto como agora.
Algo que nunca tive.

Esses ruídos me ditam confiança.
Eles cresceram e salvaram a respiração.
Vento do leste, tempestade de sorriso,
Pegue esses suspiros e faça-os brilhar como estrelas.

Aonde foram todos eles?
Fugiram por não saberem suportar eles mesmos.
Desesperadamente...
Eles temem seus próprios reflexos.
Seu próprio cheiro os causam náuseas.
Os medos fogem...

Escuto os ruídos atravancados.
Aonde foram todos os medos?
Fugiram, restando apenas minha esperança.
E a sensação de que ela nunca esteve tão perto como agora.


quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

#3



quarta-feira, 11 de janeiro de 2012

Valsa da Alma


 
(Imagem tirada da internet)


Que dance a chama da vela e que baile a brisa com ela. E ainda que finde a força da chama e mesmo que a brisa adormeça, que nunca se esmoreça a valsa que borbulha na alma.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

Imagine


 
(Imagem tirada da internet)


Se eu disser que não me importo, não acredite. Passe a acreditar quando eu não disser mais nada.
...

Não são seus pensamentos que me levam até você
São seus sentimentos que me fazem entender.
Uma amostra grátis eu tenho por telefone.
Uma prova eu tenho quando nos encontramos.
Toques, cheiro, pele... Suspiros.

Aos abraços eu não resisto.
É como uma necessidade,
Aliás, é uma necessidade.

Feche seus olhos e imagine meu beijo.

Essa estrada nos leva até o horizonte?
Dê-me sua mão, acompanhe-me.
E me desculpe se eu ficar pensativo,
O silêncio é só a tentativa de ouvir seu pensamento.
Ou a tentativa de ouvir você dizer
Que não trocaria momento algum por esse.

Aos abraços eu não resisto.
Sinto-me seguro.
Sinto que o mundo se cala nesse momento.

Feche seus olhos e imagine meu beijo. Imaginou?
Agora pare de imaginar e apenas o sinta. Estou aqui, ao seu lado.


domingo, 8 de janeiro de 2012

#2



Nuvem Dourada


(Imagem tirada da internet)


Eu vi uma nuvem dourada.
Vi anjos cintilantes tocando liras.
Desejei voar e repousar meu corpo
Na maciez dessa nuvem.

Se um dia
Eu pudesse ter uma lâmpada mágica
E um desejo realizar
Queria asas de tons azulados,
Desde o claro ao marinho,
Mas queria asas
E poder chegar a tal nuvem dourada.

Os anjos cantarolavam
Algo que não consegui compreender.
Talvez porque não sou tão puro
Ou talvez porque não soube ouvir com o coração
Que não parava de saltar no meu peito.

Se um dia eu pudesse um desejo realizar
Como um alguém que encontra uma lâmpada mágica
Queria ter asas azuis como o céu.
E voar...
Voar até onde os anjos cantam.
Dormir e sonhar numa nuvem dourada.


Open Your Eyes


(Imagem tirada da internet)


Todas as manchas se dissiparam.
Ficando o alvo, puro branco da tua alma.

Luz diamante.
Dos amantes das noites claras.
Beleza infinda de amar em puro fervor.
Todas as manchas estão neutralizadas.
Ficou o alvo, puro branco da tua alma.

Abra teus olhos pureza nua.
Open your eyes.
Abra teus olhos claros como a lua.
Don’t cry.

Luz esmeralda.
Com esmero de levo no olhar.
Faça do meu peito morada, lar eterno.
Brilhante como a estrela no norte
Ficou o alvo, puro branco da tua alma.

Assear essas manchas.
Tonar teu sorriso límpido
Como neve nova ainda caindo.
Tornando tua alma alva e pura.

Abrindo teus olhos pureza nua.
Openin’ up your eyes.
Abrindo teus olhos claros como a lua.
So... Don’t cry.
Deixe ficar só o alvo, puro branco da tua alma.


#1



Deixe a Natureza Respirar


 
 (Imagem tirada da internet)


Desde quando egoísmo e egocentrismo deram origens às borboletas?

A origem da mãe natureza tem propósitos.
Partilha, comunhão e doação.

Enquanto dança o vento frio e cantam as aves
Bailam no céu as mariposas.
Exibem-se como artistas eloqüentes.

Verde que denota esperança, perseverança.
Calmaria que reage indignada às afrontas
Numa fúria incontida e inconcebível.

A origem da mãe natureza tem propósitos.
Partilha, comunhão e doação.
Desde quando egoísmo e egocentrismo deram origens às borboletas?

Abram as comportas e deixem fluir
Toda água pura e cristalina.
Abram as comportas e deixem fluir
Toda água pura e cristalina.
Deixe que a natureza respire.
Deixe que ela te faça respirar.


O Que Ainda Virá


 
(Imagem tirada da internet)


E essa vontade de te ver que só cresce.
Estou pronto para mergulhar nisso.
O olhar que você me lança muda a cor em meus olhos.
Eu não contenho o sorriso.

Quando estou a me encarar por todos os meus defeitos
Você me dirige seu olhar
Que como uma mão me segura e eu te encaro.
Passo a sonhar com o amanhã.
Com o hoje que ainda virá.

Abraço-me e fecho os olhos.
Abraço-me e deito.
 Ergo minhas mãos, depois.
Deixo que o vento me balance.

E essa vontade de te abraçar que só cresce.
Deleite, suavidade, sonho que exala.
Sinto-me seguro quando me abraça.
O tempo para e vivo uma eternidade.

Quando estou a encarar a solidão
Você me abraça.
Passo a sonhar com o amanhã
Com o hoje que para mim é eterno.



quarta-feira, 4 de janeiro de 2012

Nossos Sonhos


 
(Imagem tirada da internet)


Desculpe-me, mas não é dessa maneira.
Não eleve suas opiniões até esse ponto.
Você diz que viver
Não é tão simples quanto virar a esquina mais próxima.

O modo como você faz parecer tudo tão difícil é estranho.
Se entregue a mim e mostrarei como é fácil ser feliz.
Basta deixar se levar pelo embalo do meu sorriso,
Deixe que eu mostre como é fácil ser feliz.

Não sonhe sozinho de alguma maneira.
Espere por mim e sonharemos juntos.
Realizaremos juntos.

Fico imaginando como faremos isso dar certo.
E mesmo depois de tudo ter se dissipado
Nosso abraço juntou os pedaços.
Viu como é simples?
Então, não sonhe sozinho dessa vez.

Realizaremos juntos.
Se entregue a mim e mostrarei como é fácil ser feliz.
Basta deixar se levar pelo embalo do meu sorriso,
Deixe que eu mostre como é fácil ser feliz.

O nosso abraço juntou os pedaços.
Trouxe de volta sua cor.
Resgatou minha cor.
Nossas cores se abraçam e se enlaçam numa só cor.
Deixe que eu mostre como é fácil dar cor e realizar nossos sonhos.


segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

De Hoje em Diante


(Imagem tirada da internet)


Olhos nos olhos.
Esperando você segurar meus pulsos.
Não suporto mais a agonia que a falta do teu abraço me causa
Eu desejaria me lançar em teus braços
E não soltar de qualquer maneira.

Lábios nos lábios.
Esperando saciar a sede pelo teu calor.
É ruim o dia em que não tenho minha dose de você.
Segure minha mão e não solte.
Deixe que esse momento se estenda pela eternidade.

Estou tão leve que encaro as coisas com outros olhos.
Sorrio com outro entusiasmo.
Amo com outro coração,
Uma impossibilidade que se torna possível
Como uma reciclagem do meu interior.

Abraço dos abraços.
Onde eu me perco e me encontro mais forte.
Onde nossos corações se aproximam
E eu escuto seu peito suspirar.

Segure minha mão,
Ela é sua
De hoje em diante.

Estou tão leve que pareço flutuar.
Sinto uma eternidade em um abraço.
Nossos corações dançam.
Eu escuto seu peito suspirar.


Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!