Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

terça-feira, 31 de agosto de 2010

Esse Alguém


Ele diz que não se sente só
Apensar de às vezes procurar
Algo que pensa estar faltando.
Mas ele abre os olhos
E vê sua face linda.
Não há nada mais belo para ele.

Ele diz que seu amor é tudo.
E abre as mãos para o sentimento.
Ele precisa de você como nunca precisou de ninguém.
Ama a forma como você o ama.
Ele sente a falta das suas palavras sussurradas.
Mas ele vê sua face linda.
E não há nada mais belo para ele.

Com quanto amor ele te espera.
E com quanta saudade se lembra de você.
Outrora, distância não diz nada.
O amor fala mais alto.
O amor quer fluir e coexistir.
Com efeito, esse alguém te busca a cada amanhecer.
Ele vê sua face linda.
E não há nada mais belo para ele.

Ele te ama e quer completar sua vida.
Deixar que você se sinta o mais completo possível.
E sente muito se um dia te fez chorar ou sofrer.
Esse alguém te ama.
Esse alguém sou eu, que vejo sua face linda
E não há nada mais belo do que ela.



segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Abraçar o Tempo


*Fragmento


[...]
Com a finalidade de corrigir o incorrigível
Abraço a fuga do que não se pode fugir
E finjo chegar a algum lugar na beira da estrada lunar.
Abraço o medo com um guardião,
Logo o libero, pois não é isso que eu quero.
Abraço a coragem que está na minha mente
Guardada em uma garagem improvisada.
[...]

terça-feira, 10 de agosto de 2010

Conhecimento Caricato



Os olhares das pessoas se voltam para os outros.
Enquanto deviam olhar seus próprios passos
Para em um tropeço não serem levadas ao chão.

Percebo isso em meu caricato conhecimento.
Percebo o quanto as pessoas perdem tempo precioso
Deixando de viver suas vidas para viver as alheias.
Pobres insolentes sejam tomados pela verdade.

A cada um foi dado um dom, uma vida.
E cabe a cada um o zelo, a raça, a vida.
Mas parece que não é suficiente.
Que pena!
Percebo isso em meu caricato conhecimento.

Às vezes quero buscar ar
E gritar tudo que está guardado no peito.
Em um mundo monótono de cores monocromáticas
Tento dar cor aos meus pensamentos, aliviar o peso deles.
Pobres insolentes sejam tomados pela verdade.

 Por isso acendi a chama do conhecimento.
Pus toda lenha que dispunha.
E este fogo me consome.
Essa chama queima em brasas ardentes.
Para que meu conhecimento ganhe a forma autêntica de ser.

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Esta Noite




Abra os olhos pequena criança.
Há um peso neles
E esperança também.
Sinta-se tomada pela luz da lua.

Sorria pequeno ser.
Deixe que teu sorriso guie os perdidos.
Deixe que a sua luz ofusque os solitários.
Sinta-se viva de novo.

Esta noite você não estará sozinha.

Aqui, passo a passo faça sua jornada.
Destemida criança olhe para o horizonte.
Deixe as estrelas orarem por você.
Sinta-se confiante novamente.

Pequena criança vire-se.
Esta noite você não estará sozinha.

Abrace seu sonho com força
E deixe-o abrasar teu peito.
E se você acreditar
A realidade tomará forma,
Uma silhueta erudita com gestos concretos.

Doce criança durma.
Esta noite você não está sozinha
E nunca estará.

*Imagem retirada da internet
Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!