Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

sábado, 23 de julho de 2011

Um Dia


(Imagem retirada da internet)


Nessas paredes esses retratos.
Passado em lembranças vazias.
 Uma luta constante.
E a felicidade envolta por esperança.

Ele sorri tentando disfarçar,
Mas aparentemente em seu sorriso forçado
Ele chora interiormente.
Chega uma hora, um instante
Em que seu sorriso já tem suportado por demasia.

Uma noite, um dia
Destreza aprendida com a vida.
Choro em pele de sorriso.

Uma noite, um dia
Medo de tudo ter mudado por nada.
Sorriso docemente acordado.

Um dia, uma noite.
Acordando de um sonho.
Sentindo-se humano novamente.

E mais um dia.
Felicidade envolta por esperança.
Seu sorriso docemente acordado.

E por mais que haja beleza nos sorrisos verdadeiros
Lágrimas sinceras purificam a alma das dores silenciosas e confusas.


sexta-feira, 8 de julho de 2011

Em Cada Escurecer


 
 (Imagem retirada da internet) 



Se tivesse no paladar o real sabor das palavras
Saberia que elas podem ser como líquido adocicado ou veneno perverso.
 Podem construir um sentimento sincero
Ou aniquilar qualquer resquício dele que possa ainda existir.

Se soubesse ler o que os olhos falam
Sem pronunciar palavra alguma
Saberia o quanto um olhar pode acalmar uma alma
Ou perturbar qualquer sentimento que ainda possa existir.

Eu disse que tudo estava bem.
Que mal há em uma mentira?
Só espero o momento em que minha força ganhará aliados
E poderei parar e sair disso antes de maiores lesões.

Se imaginasse o quanto pode estar perdendo ao brincar dessa maneira.
                                                                                 
Então eu seguro.
Seguro cada palavra incompreensível.
Insultos gritam pedindo passagem.

Respiração ofegante... Eu seguro.
Mente cansada... Eu seguro.
Olhos pesados e fatigados... Eu seguro.
Eu seguro em cada escurecer o peso da responsabilidade.

A vontade de largar tudo e fugir para além dos problemas domina.
Ela simplesmente me segura.
E se imaginasse o quanto pode estar perdendo
Saberia que pessoas se cansam daquilo que lhes causam mágoa.
Descobriria que a qualquer momento podem despertar desse sono cego.


sábado, 2 de julho de 2011

Riscos e Rabiscos



(Imagem retirada da internet)


No começo o dilema: O que será do amanhã?

Riscando as paredes e rabiscando o chão.
Traçados desajeitados, sem capricho algum.
Escrever sua própria história artificial
Sem tempo de sair da folha de rascunho.

Permanecendo a pergunta:
O que escreverei amanhã?

Às vezes a vontade que se tem é de largar a caneta
Ou no mínimo começar a escrever tudo do nada.
E deixar que flua o que não tenha sido ensaiado.
Tornar uma história inventada em algo real.

Podemos tentar escrever algo, sozinhos.
Podemos deixar que outrem escreva conosco.
O que não podemos é deixar
Que alguém escreva a história que a ti pertença.

Permanecendo a pergunta:
O que escreverei amanhã?

Ser autor da própria história.
Buscar realizar os sonhos.
Compartilhar com alguém.

Viva, corra, cante e escreva com coragem sua dramaturgia.
Cada um é responsável por cada risco e rabisco na página da sua própria vida.



Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!