Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

domingo, 12 de outubro de 2014

Brumas d'Outubro

 

Quando os sentimentos refutam contra a coragem
É impossível não sentir fraqueza.
 A escuridão aqui é pesada
E não há uma fresta por onde a luz possa passar.

Onde todos foram?
Para que lado?
Será que devo olhar para além da poeira do meu corpo?
Mesmo quando o dia nasce só há brumas.
Esse peso é demais para mim!

Este é o fim?

Não pode ser.
Não quero que seja.
Antes de acabar eu apelo à resiliência.
Eu olharei para a luz novamente.

Debruçado em vidros estilhaçados
Desfaço-me do peso em meu olhar.
Não desistirei.
As brumas não me abaterão.
Alargarei qualquer fresta e deixarei a luz me tomar.

Trocarei todo medo por choro
Todo choro por sorrisos e risos
Toda dor por amor
E toda incerteza se tornará certeza
De que esse não é o fim.

Onde estão todos?
Devo olhar para além da escuridão e então os encontrarei.


Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!