Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

segunda-feira, 2 de dezembro de 2013

Stand!


domingo, 20 de outubro de 2013

Plenamente Vivo

 

Um sonho que permanece em voo
Qual pequena gaivota voando
Sobre um imenso véu azul.
Qual folha derrubada no outono
Planando numa fina lâmina de vento.

Algo pulsa incansavelmente em mim
Como se o meu coração estivesse a mil por hora
Eu sinto em cada sorriso meu
Que estou completamente vivo.

Um espelho no caminho
Passado de frente para o presente
Face a face, olho no olho.
Ontem, uma criança imatura.
Hoje, um sentimento crescido.
Antes sem saber o que esperar
Agora sem dúvidas do que buscar.

Algo pulsa incansavelmente em mim.
Como se o meu coração estivesse sorrindo
Eu sinto que cada sopro do meu peito
Que estou plenamente vivo.

quinta-feira, 17 de outubro de 2013

Duas Metades

 
 
Nós não podemos desistir.
Nós não vamos desistir.
Pode meu peito sangrar
E meus olhos desaguar em torrentes.
Mas o pedaço que você levou do meu coração
Viverá para sempre batendo no seu peito.

O amargo da saudade desaparece
Ao ouvir tua voz chamar meu nome.
O gosto agridoce das lágrimas
Parece sumir com o doce do teu beijo.
Eu fecho meus olhos quando teus lábios tocam os meus
Abraço-te e me entrego.
Sem nunca te deixar ir.

 Eu não desistirei
Nós não vamos desistir
Pois quando penso em você
A metade do teu coração que habita em mim
Volta a bater com mais força em meu peito.

Você me tem e eu tenho você
Nunca pensei que seria tão completo
Ao doar metade do meu coração
Para bater em outro peito.

Nunca pensei que tornaria alguém tão completo
Ao deixar a metade do seu coração pulsar em mim.

Eu fecho meus olhos quando tua respiração se aproxima,
Aperto meu coração contra o teu e esqueço tudo...
Tudo menos você.


sexta-feira, 14 de junho de 2013

Porque Nem Tudo Pode Acontecer



O ontem mendigou ao hoje um pouco de atenção.
Como se não bastasse o ontem ter sido hoje um dia antes do agora.
Como se não bastasse o tempo passando e girando em contramão.
 E ainda diante do relógio atrasado e embriagado pelo tempo
O ontem pediu ao hoje uma amostra de sentimento.

O hoje rejeitou o ontem sem piedade
E disse que o amanhã é sua futura realidade.
Enciumado o ontem partiu deixando lembranças.
O hoje não pensou que poderia, mas sentiu saudade.
Ao hoje só restou uma lágrima de infelicidade.

Recuperado da nostalgia o hoje queria do amanhã a companhia,
Mas ao tentar alcançar o tão imaginado amanhã,
O relógio que mesmo estando atrasado e embriagado pelo tempo
Não parou o seu trabalho e as horas se passaram.

Triste... O ontem se tornou lembrança.
Triste... O hoje se tornou ontem,
Tão imaginado... O amanhã se tornou hoje.
E os três não se amaram.

sábado, 8 de junho de 2013

Na Sombra do Meu Dragão


Pode até não parecer, pois não deixo transparecer.
Às vezes danço.
Faço meus passos ensaiados.
Outrora, deixo fluir.
Abraço meus sonhos alados
Que ao voarem ganham distância.
Então, eu choro.
Desabo quando percebo que...
Quando percebo que esqueci o que devia perceber.
E meus sentimentos ficam numa confusão só.
Como água numa chaleira a ferver.
Às vezes eu canto...
Ou grito.
Espanta a tristeza.
E tudo fica branco, alvo, claro.
Mas escurece.
Então, a saudade chora.
Pode até não parecer.
Na noite cálida
Um sopro de força enche-me o peito.
Vejo uma sombra próxima.
Enxugo as lágrimas e sinto um sorriso.
Um dragão de respiração quente acorda.
E mesmo longe dos meus sonhos
Com o abismo da saudade cortando meu caminho,
Busco refúgio na sombra da minha coragem.
Esta tem forma, cor e sombra.
Até pareço criança por acreditar em dragões.

quinta-feira, 25 de abril de 2013

Tentativa falha

 


Por onde andam minhas palavras?
Ando perdido em meio aos pensamentos.
Mas eles não têm rostos.
São mudos, sem palavras.
Folha em branco e nada de símbolos.

Por onde andam minhas palavras?
Podem estar naquele velho baú no sótão!
Decepção...
Não há nada lá.
Só consegui alguns ataques de tosse e espirros.
Talvez estejam a hibernar em algum canto escuro.
Ou talvez estejam cansadas
De gritar ao vento e só ouvir ecos.
É... Talvez...

Mais uma folha em branco
Amassada e jogada fora.
Rabisco mais uma,
Mas nada me agrada.
É como se meu peito perdesse a voz.
Como se o tempo tivesse secado
As gostas de inspiração que me restavam.
Desistir? Talvez.

Meus pensamentos deixaram de ganhar forma em palavras.
É melhor amassar mais essa folha.
Pelo visto foi só mais uma tentativa falha
De encontrar minhas palavras.
É... Talvez...
Ou, quem sabe, essa busca tenha chegado ao fim.
 

quinta-feira, 14 de fevereiro de 2013

É Você




São horas como agora de profundo suspiro
Que fazem meu peito embeber em esperança.
São palavras como as tuas
Que fazem meus olhos sorrirem em lágrimas.

Amor como o nosso dá esperança ao mundo,
Forma ao futuro
Realidade ao sonho
Beijos aos lábios.
Amor como o nosso é belo, simples e sincero.

São atitudes assim que me fazem acreditar,
Sorrisos como os seus que me conquistam,
Olhares como os seus que me prendem.

Tudo isso é você.
Você me faz acreditar,
Você me conquista
Prende-me
Embebe-me de esperança.

Com você sei o que é amar.

terça-feira, 29 de janeiro de 2013

Acorde para amar

 

Acorda que os sonhos querem se tornar realidade.
Que os desejos querem nos abraços matar a saudade.
Que as bocas necessitam sorrir de felicidade.
Acorda que o amor quer uma vida de verdade.

Levanta, pois os passos querem correr.
Os braços, abraçar.
E a chuva precisa molhar,
Fazer a vida brotar.
Fazer a vida viver.

Acorda que o medo já se foi.
O coração voltou a pulsar,
Pulando qual criança feliz.
Acorda que o amor quer amar.

Levanta, pois é hora.
Abrace, pois é cura.
Sorria, pois é felicidade.
Ame, pois é viver de verdade.

E não tema o abrir de olhos.
Não tema levantar.
Não tema se perder em um abraço.
E nunca, nunca tema amar.
O amor é o verdadeiro despertar.

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!