Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

quarta-feira, 23 de dezembro de 2009

Apenas seu sim



Você se calou de repente,
Não ouvi mais nenhum sopro de sua boca,
Nenhum sussurro de seus lábios.
Vi-me em um vazio impensável,
Que eu nunca desejaria para ninguém
Nem mesmo para aquele que teria a coragem
De deferir uma lança contra meu peito.

Procurei no vento sua voz e nada ouvi,
Procurei na água seu toque e nada percebi,
Procurei no espelho seu reflexo e nada vi,
Procurei nas flores seu cheiro e nada senti.
Achei, então, que procurei errado e refiz minhas buscas.

Procurei no vento seu cheiro e nada senti,
Procurei na água seu reflexo e nada vi,
Procurei no espelho seu toque e nada percebi,
Procurei nas flores sua voz e, novamente, nada.

E em minha procura escassa,
Sem dar em nada, caindo, reagindo,
Entregando-me, suando, sangrando,
Não havia percebido você em outro olhar,
Em outro sorriso.
Novamente, pouco a pouco, começo a te ouvir
E eu novamente a sorrir como se tudo dependesse de você,
De apenas você dizer sim.

0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!