Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

sexta-feira, 26 de março de 2010

Quem sou eu?


Poeta de meras palavras,
Meros símbolos de linguagem.
Ou um joalheiro
Que funde o ser com o querer
Em palavras enamoradas.
Que lapida as palavras
E as transforma em jóias.

Um palhaço diante do mundo.
Um mundo diante de um palhaço.
As loucuras que saltam na folha de papel
Ou o mel que corre nos favos dos sentimentos.

Frases soltas ao vento,
Que venta e inventa,
Mais que meros poemas,
Mais que simples poesias.
São desabafos de uma vida,
 Onde a amarga doçura de viver
Contradiz o que não condiz.
Deixo de ser professor
E passo a ser aprendiz.

Sou leigo, sou mestre.
Sou da rua pedestre.
Sou do céu uma nuvem
Que se molda ao sabor do vento.
Sou da natureza invento.


Eu na verdade não sei que sou,
Mas sei quem quero ser...

0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!