Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

domingo, 8 de novembro de 2009

Em minha solidão


Numa noite sombria, transpassa a lança da dor em meu peito sofrido por um golpe certeiro. Tento de várias maneiras me livrar desse golpe que foi deferido tão suavemente contra mim. Busquei uma cura imediata, já que a ponta dessa lança estava embriagada de um veneno que normalmente não mata, mas que causa um sofrimento solitário, intrigante, depressivo. Mas e a cura? Pensei. E a Solução? Clamar. Então clamei. Gritei por Deus, sofri, me entreguei, chorei. E com as lágrimas foram-se as dores, o veneno, porém não de imediato como eu queria, pois meu tempo poderia está ferido, mas o tempo das coisas acontecerem pertence a Deus. E a mim restou à paciência, e suportar a dor até o tempo da cura de Deus chegar.

1 Comentários:

Felipe. disse...

Nós temos uma inerente habilidade de cura,
mesmo que a ferida seja uma das maiores e profundas.. com o tempo, curamo-nos.
E Deus é indispensável claro.
:]

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!