Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

quinta-feira, 12 de maio de 2011

Aquele Novembro

(Imagem tirada da internet)


Entenda-me
Quando digo que não quero lembrar
Daquele longo novembro
Em que parecia que a energia do tempo tinha-se esvaído
E ele adormecido em algum lugar.

A noite me encarava com grandes olhos.
Mil estrelas escondidas
Por entre as nuvens de uma noite nublada.
Vermelhidão, rubras nuvens se aproximaram.

Entenda-me
Quando digo que não quero lembrar
Daquele longo novembro
Em que os dias eram longos como no inverno,
Mas quentes como o mais intenso verão.

O sol brincava e suas chamas eram mais vivas.
Ao dia quase não se viam as nuvens.
Escondiam-se com medo do sol
Para saírem à noite, bravas em seus tons alaranjados.

E eu me lembro que depois daquele longo novembro
O tempo não me pareceu tão complicado.
Mesmo a apertar o peito.
Onde cada pulsação fora sentida.

Entenda-me
Quando digo que não quero lembrar
Daquele longo novembro...
 Novembro quase infindo.


0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!