Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

sexta-feira, 18 de fevereiro de 2011

As Duas Damas



Ela segura seu cetro gélido.
A dama alva de face ríspida lança seu olhar.
Tento me proteger, mas é inevitável.
Seu olhar é penetrante como uma lança.
A dama de gelo sabe meus pontos fracos.
Não só os meus, mas os de todos.

Seu cetro apontado em minha direção
Atiça meus pensamentos
E minhas lembranças me tornam vulneráveis.
Eu fecho meus olhos e inspiro o ar
 Até o limite dos meus pulmões.
Tento me fortalecer e lembrar que isso logo passará.
Que logo a dama gélida, a qual nós chamamos saudade,
 Afastar-se-á de mim.

Do outro lado vejo outra dama
Vestida de verde, face pura.
Com o poder de acalmar e afastar a Saudade.
A esta nós chamamos Esperança.
É ela que nos fortalece.
Ao lado dela rabisco meu caderno.
Viro poeta. Passo a esculpir obras feitas de palavras.
Para desprender meu peito,
Para fazer escorrer pelas letras
Os sintomas que o sopro gelado da Saudade causa.

 E o tempo passa...

E se aproxima o tão esperado momento de entrelaçar os dedos.
De segurar firmemente a mão da Esperança.

0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!