Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

quarta-feira, 2 de março de 2011

Quando Olhei o Céu


De todos os meus sonhos
Você é aquele que eu não quero ter que desistir nunca.

...


Ele foi deixado para chorar sozinho.
Com uma marca de esperança em seu peito.
Seu sussurro ainda pairando no ar
Como uma lenda antiga.
Banhando o leito com lágrimas.

O tempo foi seu aliado.
Sem culpa e amedrontado pelo que podia vir.
Em busca de um abraço de amor verdadeiro.
Vendo em cada face a possibilidade
De ser feliz como sempre buscou.

Um braço lhe foi estendido.
O vazio dando espaço à caridade.
Um colo para embalá-lo no frio.
O amor nascendo de um olhar sincero
E crescendo como jamais ninguém tinha visto.

Hoje não há vazios. Só há vida e esperança.
Ele nasceu de novo quando olhou para o céu.

Deixado para amar.
Ele não se sente mais sozinho.
Porque o amor é a união de duas almas.
Almas amantes.
O encontro de duas forças incomuns.
Forças belas e singelas.

E de todos os sonhos o amor é aquele que ele não quer ter que desistir nunca.

0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!