Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

quarta-feira, 17 de novembro de 2010

Adagas


Segure minhas lágrimas, faça-as cessarem.
Assim como o mar apaga as pegadas na praia
Apague em mim as marcas das palavras insípidas.
Desses vocábulos que ardem de furor
O liquido rubro vital que corre pelas artérias.

São expressões de momentos.
Palavras com um peso incomum.
Adagas afiadas em pele de vocábulos
Que dilaceram o mais inabalado pensamento.

Portas giratórias que dão acesso ao sentimento,
Feche-as para a dor com uma simples palavra.
Contrária às anteriores.
Alva, pura e amável.

As perfurações das armas brancas poderão ser fechadas
Basta teus olhos serem banhados pelo amor
E as palavras amáveis emergirem da sinceridade da tua alma.
Nisso a dor será estancada pela sonoridade delas.

E a alegria voltará. Ela se levantará.
E meu peito sorrirá como um menino.

0 Comentários:

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!