Inspire-se!

Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente, você estará fazendo o impossível.

São Francisco de Assis

.........................................................................................................

quarta-feira, 13 de janeiro de 2016

Doce Coragem

 

O que aconteceu?
Para que lado devo olhar?
Muito tempo se perdeu tentando explicar
Aquilo que todos já sabiam menos eu.
O bom senso estava coberto por uma ilusão.
Capa de sentimentos distorcidos.

Por muito tempo estive preso
Entre os muros altos da insegurança.
Solidão carrasca.
Carcereira da minha coragem.
Ria-se de mim enquanto segurava as chaves.
Hoje sou eu quem sorrio com a liberdade.

Por todo esse tempo estive cego.
Agora enxergo melhor que nunca.
A verdade abriu meus olhos.
Minh’alma guia-me pelas brumas da vida.
E eu confio no pulsar do meu peito.

A pressão em mim apertava a cada ciclo.
Era pura e infantil insegurança.
Mas hoje confio no pulsar do meu peito.
Caíram por terra meus medos.
Implodiram-se os muros.

Hoje sinto o gosto doce da coragem.
Uma sábia canção diz
Que o fim é onde nós começamos.
E eu começo pela coragem
De sorrir com a liberdade de ser quem sou.
 

3 Comentários:

Marco Serafim disse...

Gostei.;D

Guilherme Dell'Amore disse...

Muito bom!
Bastante profundo. Sensação de que descreveu todo o sentimento envolvido na palavra coragem.

Parabéns, Uanderson!

Uanderson Andrade disse...

Obrigado, gente. :)

Algumas das imagens contidas nesse blog foram retiradas da Web. Se acaso alguma fotografia lhe pertença entre em contato e ela será removida ou receberá os devidos créditos (fica a critério do autor da imagem).


© gdeinspiracao.blogspot.com. Todos os direitos reservados. A cópia ou reprodução parcial ou total não-autorizada de qualquer obra contida nesse Blog está estritamente proíbida.

Plágio é crime!